ONU abre inscrições para bolsas de estudo dirigidas a afrodescendentes

Por Denise Mota

Até 31 de maio, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos está aceitando inscrições de interessados no Programa de Bolsas de Estudo para Pessoas Afrodescendentes.

Trata-se de uma atividade de aprendizagem intensiva com o objetivo central de dotar os participantes de conhecimentos sobre instrumentos e mecanismos para combater a discriminação racial, e contribuir para a proteção e a promoção dos direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais das pessoas negras em seus respectivos países.

Tocadores de tambor dos Gangá Longobá se preparam para festa de São Lázaro em Cuba (Sergio Leyva Seiglie/They Are We Project/ONU).

O programa acontece em Genebra entre 13 de novembro e 1º de dezembro, e se insere nas Atividades para a Implementação da Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024). Oferece aos selecionados passagem aérea, seguro médico básico e ajuda de custo para cobrir gastos modestos com hospedagem e outras necessidades de manutenção na cidade no período.

Os candidatos devem possuir pelo menos quatro anos de experiência profissional em áreas relacionadas aos direitos dos afrodescendentes, domínio de inglês e total disponibilidade de permanência em Genebra durante a duração completa do curso.

Mais detalhes e formulário de inscrição aqui.